Artigos da categoria:Maçonaria

Fui solicitado a me pronunciar, em uma reunião de maçons, sobre tolerância. Não sobre uma tolerância qualquer, genérica, mas falar sobre a tolerância maçônica. Neste caso, não é uma questão de consultar dicionários e fazer comentários, vai mais além. Embora, na quarta acepção do termo no Aurélio, poderemos observar uma definição que é bem próxima do conceito maçônico: "tendência...
Tu és um maçom regular? Nunca houve essa pergunta nos graus de qualquer ritual maçônico da antiguidade ou da atualidade. A questão da Regularidade Maçônica tem sido a principal luta priorizada pelas organizações maçônicas, as quais se voltaram unicamente para a burocracia e apegos superficiais, esquecendo-se da necessidade do aperfeiçoamento interior. É lamentável ver maçons imorais, arrogantes, cheios de vícios e...
Domingo em minha agremiação religiosa sentei junto com as missionárias e um convidado delas, como todo membro faz para dar boas vindas. Reparei que o mesmo estava usando um anel maçônico. Comecei a sondar, e como sempre tomo cuidado com reconhecimento, perguntei de uma forma muito leiga: "O irmão é de que Loja?" O mesmo arregalou os olhos e respondeu "não sou maçom, ganhei...
O moderno espírito maçônico é como a crisálida que por amor à Liberdade rompe as paredes estreitas do seu cárcere e se lança esperançosamente na conquista do infinito. Como nos lançarmos esperançosamente na conquista do infinito de não mantivermos o cumprimento inflexível do dever. Ao assumirmos os preceitos da irmandade demostramos livremente que procuramos libertar nosso pensamento, nossa consciência, destruir preconceitos...
Vestido impecavelmente de branco, camisa com colarinho e avental, ele cruza as colunas de Salomão e sobe os sete degraus simbólicos: Lázaro Cuesta é o primeiro negro a atingir a honraria de ser Grão-Mestre da Grande Loja de Cuba em 150 anos. Ele se senta junto à bandeira cubana e à colmeia com sete abelhas da "instituição". É 24 de junho, dia da...
Aos poetas que acreditam no brocado: “são tantas emoções já vividas”, fica aqui a indagação de se, na verdade, não seriam sentimentos vivenciados. Aristóteles, filósofo grego, aluno de Platão e preceptor de Alexandre, o Grande, investigou as emoções humanas e chegou a conclusão de que o medo, a vergonha, a falta de vergonha, a confiança, a amizade, a calma, a...
No texto abaixo o Irmão Armando Ettore do Valle mostra, de forma brilhante, as diferenças filosóficas e doutrinárias existentes entre as Maçonarias Francesa e Inglesa. Interessante notar que, mesmo sendo 200 anos mais antiga do que a Constituição de Anderson (inglesa), a Constituição Francesa de 1523 possui um caráter humanista, progressista e evolucionista em concordância com os anseios atuais da...
Antes de mais nada, quem deseja entrar para a Maçonaria, deve autoavaliar-se em busca de valores, costumes, atitudes (interiores), e comportamentos sociais exteriorizados cotejando-os com algumas premissas a seguir apresentadas. O Candidato deve, portanto, identificar-se com os aspectos a seguir: Legal: – ser emancipado e ter completado 18 anos antes da cerimônia de Iniciação; – se dependente pecuniariamente, obter anuência dos tutores...
Quando pediram a Aristóteles um código moral por onde pautar a vida, ele disse: "Não posso dar-lhe um código; observe os homens melhores e mais sábios que você encontrar e imite-os"! Entende-se por lei maçônica, em sentimento amplo, a Constituição & Regulamento Geral, além dos denominados landmarks (em número de 25, que são as mais antigas leis que regem a...
A Participação do Maçom, Nas reuniões, resume-se a receber os maravilhosos fluídos, as sadias vibrações, o calor humano e as lições que são o saldo positivo de tudo. Essa participação, contudo, será “passiva”, e, portanto, insuficiente; o Maçom precisa trazer consigo, de casa, uma parcela de contribuição; raros são os casos em que um Ir.’. traz um trabalho espontâneo, pois...